América-RN e Campinense empatam sem gols na Arena das Dunas

Raposa dominou toda a primeira etapa, criou boas chances, mas esbarrou na boa partida do goleiro Reynaldo. Dragão cresceu no segundo tempo, mas não conseguiu furar defesa paraibana para garantir a segunda posição do Grupo 3

América-RN e Campinense fizeram um jogo de um tempo para cada lado na Arena das Dunas (Foto: Augusto César Gomes / ge )

RESUMO DA PARTIDA

Foi um tempo para cada lado na Arena das Dunas, onde na tarde deste sábado o América-RN recebeu o Campinense em partida que valia a vice-liderança do Grupo 3 da Série D. Com boas chances criadas para cada um dos lados e um aproveitamento muito baixo nas finalizações, o empate por 0 a 0 pareceu refletir a paridade que o torcedor americano e raposeiro viu em campo na tarde deste sábado. Empatadas na tabela, Dragão e Raposa só saberão em que posição se classificarão para a próxima fase na última rodada, que acontece no próximo final de semana.

PRIMEIRO TEMPO

Nos primeiros 50 minutos de jogo, o time de Campina Grande foi nitidamente superior, criando boas oportunidades de ataque e exigindo bastante do goleiro Reynaldo, que mesmo saindo machucado, foi o melhor jogador da partida pelo lado americano. Fábio Lima (sempre ele) pela ponta direita fez um verdadeiro carnaval na defesa alvirrubra. Do outro lado, Marcelinho e Claudio também arriscaram e levaram muito perigo às metas do Dragão, mas sem conseguir estufar as redes americanas.

Pelo lado do América-RN perigo mesmo só no chutaço de Esquerdinha que acertou o travessão do já vendido goleiro Mauro Iguatu. Essa, inclusive, foi a única finalização certa efetuada pela equipe de Renatinho Potiguar durante toda a primeira etapa, uma vez que o sistema de marcação do Campinense conseguiu prever quase todas as jogadas de ataque do time e neutralizá-las antes de virarem perigo concreto.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, a conversa no vestiário do Mecão entre atletas e comissão técnica parece ter surtido efeito, uma vez que a equipe voltou para o jogo pressionando o Campinense em seu campo e buscando a todo custo abrir a contagem o mais rápido possível. A entrada de Luiz Henrique e Mazinho mudaram a tônica do jogo e quase fez com que o time da casa saísse de campo com os três pontos, não fosse o gol incrivelmente perdido de Weslley após bola espalmada para dentro da área raposeira por Mauro Iguatu. Ao final do jogo, um zero para cada lado e as equipes permanecessem empatadas na tabela com 22 pontos cada.

Ao final do jogo, a definição da segunda posição ficou para a última rodada, quando o América-RN, enfrentará o Central de Caruaru, fora de casa. O Campinense, por sua vez, fará a sua última partida desta fase de grupos atuando em seus domínios, quando receberá o lanterna Caucaia.

Partida foi marcada pelo equilíbrio na Arena das Dunas (Foto: Augusto César Gomes / ge)

ESCALAÇÕES

América-RN: Reynaldo (Lucas Gomes); Roni, Jean Pierre, e Jan Pieter (Luiz Henrique); Guedes, Leozinho, Alvinho e Erick Varão, Weslley, Esquerdinha (Mazinho) e Patrick (Ramon). Técnico: Renatinho Potiguar.

Campinense: Mauro Iguatu; Felipinho (Dênis), Weverton, Itallo (Cleiton) e João Victor; Rafinha, Patrick e Marcelinho (Anselmo); Fábio Lima, Matheus Régis (Juliano) e Cláudio (Állefe). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Fonte: Globo Esporte/PB