Concurso da prefeitura de Campina Grande retifica edital e aumenta vagas; veja mudanças

Há aumento no número de vagas e alterações na oferta de cargos, nos requisitos para algumas funções e também nos salários oferecidos.

Concurso da prefeitura de Campina Grande tem edital retificado — Foto: Divulgação/CREF10

O edital do concurso da prefeitura de Campina Grande foi retificado e apresenta mudanças no número de vagas, na oferta de cargos, nos requisitos para algumas funções e também nos salários oferecidos (veja a relação do que mudou mais abaixo). O cronograma do certame permanece o mesmo, com inscrições abertas até o dia 15 de novembro e provas objetivas realizadas em 19 de dezembro.

A primeira alteração é no número de vagas oferecidas, que passaram de 812 para 848. Serão 143 vagas para nível médio e 705 vagas para nível superior. Os salários variam entre R$ 1.100 e R$ 4.530,82, mas alguns cargos possuem adicional de produtividade de até R$ 12.139,50.

As inscrições custam R$ 75 para candidatos que vão disputar cargo de nível médio e R$ 95 para candidatos que vão disputar cargo de nível superior.

Veja as mudanças feitas no edital do concurso público da prefeitura de Campina Grande:

Com as alterações, o salário para o cargo de técnico de enfermagem passa para R$ 1.466,40, com 40 horas semanais trabalhadas.

Foi criado também o cargo de técnico segurança do trabalho com salário de R$ 1.466,40, com 40 horas semanais trabalhadas.

Já para as funções de enfermeiro, exceto o cargo de enfermeiro I e enfermeiro do trabalho, agora passa a ser exigido diploma de bacharelado em enfermagem, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro no conselho de classe e curso de pós-graduação na área escolhida.

Foi criado ainda o cargo de assistente social em saúde, que exige ensino superior em serviço social com registro no conselho da categoria profissional. A carga horária é de 30 horas semanais e o salário é de R$ 2.499,26.

Também foi acrescentado o cargo de enfermeiro do trabalho, com carga horária de 30 horas semanais e salário de R$ 3.710,15. Para concorrer a uma vaga, é preciso ter ensino superior em enfermagem com especialização, em nível de pós-graduação, em engenharia de segurança do trabalho.

Outro novo cargo é o de engenheiro de segurança do trabalho, com carga horária de 30 horas semanais e R$ 4.530,82. É preciso ter ensino superior em engenharia ou arquitetura com especialização, em nível de pós-graduação, em engenharia de segurança do trabalho.

Já o cargo de médico do trabalho exige ensino superior em medicina com especialização, em nível de pós-graduação, em medicina do trabalho. O salário é de R$ 3.710,15 para trabalhar 30 horas semanais.

Também foi criado o cargo de psicólogo organizacional para o Cerest, com 30 horas semanais de trabalho e salários de R$ 1.213,95. É necessário ter nível superior, com habilitação legal para exercício da profissão e registro em conselho de classe.

A função de assistente jurídico, também para o Cerest, exige ensino superior completo em direito e registro no conselho de classe. O salário oferecido é de R$ 2.164,68 para 30 horas semanais de trabalho.

Já para os cargos de intérprete de Libras nas zonas urbanas e rural, passa ser exigido nível médio com cursos de educação profissional reconhecidos pelo Sistema que os credenciou; cursos de extensão universitária; e cursos de formação continuada, promovidos por instituições de ensino superior e instituições credenciadas por Secretarias de Educação. Os salários são de R$ 2.164,68.

As funções de professor infantil 2 das zonas urbanas e rural agora exigem também nível superior em pedagogia com habilitação em educação infantil.

Concurso para a Prefeitura Municipal de Campina Grande
Vagas: 848
Salários: R$ 1.100 a R$ 4.530,82.
Inscrições: até 15 de novembro, no site da organizadora
Taxa de inscrição: R$ 75 a R$ 95
Site da organizadora do concurso
Edital retificado do concurso

Fonte: G1 PB