Ex-vocalista da Calcinha Preta é encontrado morto

(Foto reprodução/MaisPB)

O ex-vocalista da Banda Calcinha Preta José Aparecido da Silva, conhecido no mundo artista como Sidney, foi encontrado morto, nesta quinta-feira (4), na casa onde morava, no Bairro Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro, em Aracaju.

Sidney, que tinha 57 anos, foi o primeiro vocalista da banda de forró, que se formou em 1995, na capital sergipana. Na ocasião, ele fazia dupla com Luciana Linhares.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, o corpo de Sidney foi encontrado no chão por uma pessoa que chegou a casa.

Uma faca foi recolhida pela polícia no local, mas exames periciais foram realizados no corpo para confirmar se a morte tenha sido provocada pelo objeto.

A morte pode ter sido provocada por uma arma branca, segundo o Instituto Médico Legal. Uma faca foi recolhida pela polícia no local, mas exames periciais foram realizados no corpo para confirmar se o objeto foi o utilizado na morte do cantor.

O sepultamento do artista foi realizado no final da manhã desta sexta-feira (5), no Cemitério de Nossa Senhora do Socorro. Através de nota, a Banda Calcinha Preta disse que todos seus integrantes estão de luto.

“A família Calcinha Preta deseja seus sinceros sentimentos aos familiares, amigos e fãs do saudoso Sidney Chuchu. Descanse em paz Sidney Chuchu, infelizmente, você nos deixou precocemente, e vai deixar muita saudade, mas, estará para sempre na história da Banda Calcinha Preta e em nossos corações”, disse.

Fonte: MaisPB