Estudantes de João Pessoa são aprovados em processo seletivo para a Escola do Teatro Bolshoi

Fotografia: Arquivo/SECOM

Uma mistura de alegria e orgulho para pais e professores da Rede Municipal de Ensino da Prefeitura de João Pessoa. Das 20 crianças que estavam participando do processo seletivo para a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, em Joinville (SC), cinco foram aprovadas nas seleções realizadas nesta sexta-feira (5) e sábado (6). Foram quatro meninos e uma menina que vão em busca da realização do sonho de se tornar bailarino profissional.

“É um momento de muita emoção para todos nós que acompanhamos de perto toda a dedicação das crianças e nos dedicamos nesse projeto, com todo o cuidado com as crianças e os processos nos mínimos detalhes. É muita satisfação esse resultado por todas as crianças. Hoje, somos só orgulho e colhemos o fruto de todo o trabalho, onde podemos oportunizar a nossas crianças estudar na melhor escola de dança do Brasil”, afirmou Fernanda Albuquerque, diretora do Departamento de Educação Física, Saúde e Desporto Escolar e coordenadora local do processo seletivo do Bolshoi em João Pessoa.

Em 2022, as 5 crianças aprovadas pelo Ballet vão morar em Santa Catarina por oito anos sem qualquer custo para os pais. Isso é possível a partir do convênio firmado entre a Prefeitura de João Pessoa e a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Além dos custos com moradia, a Prefeitura garante uma coordenadora de apoio durante todo o período da formação. Os bolsistas também recebem benefícios como alimentação, transporte, uniformes, figurinos, assistência social, orientação pedagógica, assistência odontológica preventiva, atendimento fisioterápico, nutricional e assistência médica de emergência/urgência pré-hospitalar.

Processo seletivo – Concorrentes de 13 estados brasileiros participaram do processo seletivo. Na sexta, eles passaram pela avaliação médico-fisioterapêutica, onde profissionais fisioterapeutas, médicos e professores de Educação Física analisaram a postura, habilidades físicas, motoras, frequência cardíaca, percentual de massa corpórea, musculatura e articulações.

Já neste sábado, foi avaliada a parte artística onde os alunos passaram por três provas: cognitiva, que foram analisadas as habilidades intelectuais da criança; musical, que analisou o ritmo e musicalidade; e a artística, que é formada por uma banca de avaliadores russos e brasileiros do Bolshoi, feita através de uma aula lúdica onde os alunos fazem movimentos de dança com articulações e força.

Ao todo, foram aprovadas 40 crianças de todo o Brasil, que iniciam na primeira série no início de 2022. O resultado final está publicado no site da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil www.escolabolshoi.com.br.

Confira lista dos alunos aprovados de João Pessoa:

Maria Clara Duarte de Oliveira – Escola Municipal Frei Albino

Carlos Eduardo Alves de Lima – Escola Municipal Apolônio Sales

Israel Davi Lima O. Siqueira – Escola Municipal Lúcia Braga

Kaio Gabriel Basílio da Luz – Escola Municipal José Eugênio

Miguel Lucas Batista de Lira – Escola Municipal Darcy Ribeiro

Companhia Municipal de Dança – Os 15 alunos que não foram aprovados no processo seletivo da Escola do Teatro Bolshoi serão acompanhados pela Companhia Municipal de Dança de João Pessoa. A criação da Companhia foi inspirada em uma experiência da própria administração Cícero Lucena, quando ele criou a parceria com o Ballet Bolshoi, que deu resultados para a dança na cidade de João Pessoa e para os jovens.

Secom-JP