Sargento da Polícia Militar morre afogado no Açude de Boqueirão; suspeita é de que ele passou mal

Quando a Polícia Militar chegou ao local, o corpo já havia sido retirado da água. Amigos e a esposa da vítima tentaram salvar o sargento, mas não conseguiram

Sargento Rezenildo. (Foto: assessoria/14º BPM).

O sargento da Polícia Militar da reserva, lotado no 14º BPM, Rezenildo Andrade Ribeiro, de 56 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (11) no Açude de Engenheiro Ávidos, no distrito de Piranhas Velhas, município de São José de Piranhas. Segundo informações da polícia, ao chegar no local o corpo da vítima estava à beira do manancial.

A PM informou que no local estavam amigos e a esposa da vítima, os quais afirmaram que haviam tentado socorrer o sargento retirando-o da água, porém, não obtiveram êxito. Conforme testemunhas, o local era raso e não se sabe se de fato foi afogamento ou se ele pode ter tido um mal súbito.

Lembrança familiar de aniversário do sargento Rezenildo. (Foto: arquivo pessoal).

O sargento Rezenildo residia no Loteamento J Claudino, no bairro Pôr do Sol, em Cajazeiras.

A Polícia Militar isolou o local e solicitou a presença da perícia e Polícia Civil. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também esteve no local e constatou o óbito.

O corpo foi encaminhado ao Instituto de Perícia Científica (IPC) de Cajazeiras para realização da necrópsia.

O fato aconteceu na manhã desta quinta-feira (11). (Foto: reprodução/redes sociais).

A assessoria de comunicação do 14º BPM emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do sargento Rezenildo Andrade Ribeiro em nome dos Oficiais e Praças da Unidade; confira:

Nota de pesar do 14º BPM.

Fonte: Diário do sertão