Mirassol marca no fim, vence o Campinense e se isola na liderança da Série C

Com gol de Pará, aos 41 do segundo tempo, Leão bate a Raposa, conquista seu 13º ponto em 15 possíveis e segue na ponta da Terceirona

. (Foto: Samy Oliveira / Campinense)

O LEÃO RUGIU!
Na ensolarada manhã de sábado no interior paulista, o Mirassol recebeu o Campinense pela abertura da rodada #5 da Série C do Campeonato Brasileiro. Em um jogo equilibrado, de boas oportunidades para cada lado, melhor para o Leão, que bateu a Raposa por 1 a 0, foi a 13 pontos e segue na liderança da Terceirona. A Raposa, por sua vez, estaciona nos sete pontos e pode sair do G-8 a depender dos resultados da rodada.

PRIMEIRO TEMPO
O equilíbrio da partida ficou claro já nos primeiros minutos. Logo nos primeiros momentos do jogo o Mirassol foi para o ataque buscando o resultado. No entanto, do outro lado, o Campinense também se lançava ao ataque visto que uma vitória longe de casa seria o bastante para deixar a Raposa na cola do próprio Leão.

A primeira boa chance de gol foi do time de Campina Grande, que aos sete minutos, após jogada de André Mascena em que os jogadores raposeiros pediram pênalti, Magno pegou o rebote, encheu o pé e obrigou o goleiro Jeferson a fazer uma grande defesa. O Mirassol, por sua vez, reagiu e com Osman, aos 20, e Luiz Gustavo, aos 24, assustou o sistema defensivo do Campinense. A partir daí o jogo permaneceu equilibrado, com os times se alternando no comando de ataque e criando boas oportunidades de gol, no entanto, não conseguindo inaugurar o marcador.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo o técnico Ricardo Catalá fez as suas duas primeiras alterações ao colocar em campo Matheus Oliveira e Pará nas vagas de Gleyson e Rhuan. A entrada desses atletas, inclusive, mudou o ritmo do jogo e fez com que o Leão adquirisse mais ritmo de jogo e, com isso, pressionasse a Raposa em busca do gol. Foram muitas as chances criadas pela equipe da casa, mas nenhuma com efetividade. O Campinense, por sua vez, se retraiu e buscou os contra-ataques, mas sem muita efetividade.

.
. (Foto: Samy Oliveira / Campinense)

Aos 41 minutos veio o gol da vitória. Léo Duarte levantou a bola na área, a defesa do Campinense não conseguiu fazer o corte e Pará, livre de marcação, encheu o pé para estufar as redes de Mauro Iguatu e abrir o placar no interior de São Paulo. A partir daí o jogo seguiu sem grandes emoções e terminou com vitória da equipe da casa, que se isolou ainda mais na ponta da tabela.

ESCALAÇÕES
Mirassol: Jeferson; L. Duarte, L. Gustavo (Heitor), Sam e Rhuan (Pará); Daniel, Osman, Paulinho (Cristian) e Camilo (Kauan); Gleyson (M.Oliveira) e Negueba. Técnico: Ricardo Catalá.

.

Campinense: Mauro Iguatu; André Mascena, Cleiton, Michel Bennech e Emerson; Magno (Felipe Ramon), Jefferson, Luiz Fernando (Iago Silva) e João Paulo (Alan Francisco); Erick Pulga (Iago Silva) e Olávio (Pedro Henrique). Técnico: Ranielle Ribeiro.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS
O Mirassol volta a campo pela Série C no próximo domingo, dia 15 de maio, quando enfrentará o Remo, fora de casa. Já o Campinense joga apenas no dia 18, quando em Campina Grande medirá forças com o Ypiranga-RS. No entanto, nesse meio tempo, a Raposa encara o Botafogo-PB, no sábado da semana que vem, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Paraibano.

Fonte: GE/PB