Tovar cobra providências do Governo para conter onda de violência na zona rural

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) cobrou providências do Governo do Estado em relação a onda de violência na zona rural de municípios paraibanos.

O parlamentar destacou que homens armados invadiram casas no Sítio Caiçara, zona rural do município de Camalaú e amarraram moradores, roubaram duas motos, dinheiro e pertences dos moradores.

“As famílias estão com medo de ficar em suas casas. Hoje bem cedo fui procurado por moradores de Camalaú, que relataram o medo que estão vivendo com o aumento da violência e pedindo ajuda para que a localidade deixe de ser negligenciada pelo poder público”, disse.

Tovar afirmou que a Paraíba vem vivendo uma onda de violência, com aumento de assaltos, furtos e homicídios. Segundo destacou, até roubos a bancos voltaram.

O aumento da violência, de acordo com o deputado, também afeta os comerciantes, que inseguros, fecham seus estabelecimentos mais cedo ou até deixam de abrir.

“Infelizmente falta efetivo e a nossa polícia é desvalorizada, não conta com salários dignos e nem com equipamentos adequados para exercer o seu trabalho. Isso interfere diretamente no combate à criminalidade, pois mesmo fazendo o seu melhor, os policiais são em menor número e não conseguem cobrir o Estado inteiro”, ressaltou.

Segundo Tovar, o governador deixa em segundo plano os graves problemas da Paraíba, como a questão da falta de segurança, e se dedica quase que exclusivamente a política partidária. “Mas na Granja Santana não tem violência, pois o efetivo de lá é maior que mais da metade dos municípios paraibanos”, disse.