VÍDEO: “Pau que dá em Chico deve dá em Francisco!”, diz Eliza Virgínia ao criticar condenação de Daniel Silveira

Em sua postagem, Eliza se mostra preocupada com a atitude do STF e lamenta a postura do ministro e pastor André Mendonça.

A vereadora e vice-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Eliza Virgínia (PP), postou um vídeo em suas redes sociais onde demonstra insatisfação com a postura do Supremo Tribunal Federal (STF) após votação que condenou o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), a oito anos e nove meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, além da perda do mandato de deputado federal e a suspensão dos seus direitos políticos.

De acordo com a parlamentar, o STF terá que condenar outros, caso persista em punir Daniel Silveira. “Se condenou ele, tem que condenar outros”, argumentou Eliza. Ela explica que o ministro Alexandre de Morais, defendeu que, “quem propagar ódio será responsabilizado”. Diante da fala do ministro e da postura da corte, a vereadora mostrou três exemplos que segundo ela, precisam ser levados em consideração.

Primeiro ela lembra de um episódio em abril de 2018 onde petistas jogaram tinta vermelha no apartamento da ministra Cármen Lúcia; em seguida, Eliza mostra o caso de uma Procuradora do Maranhão que aparece esfaqueando uma imagem de um boneco representando o presidente Bolsonaro, “só pensa… só imagina se é alguém fazendo isso com a imagem de um ministro do supremo. Só pensa”, ressaltou a vereadora.

Por último, a parlamentar cobrou punição de produtores de um vídeo postado na internet onde aparece pessoas jogando futebol com uma bola, como que fosse a cabeça de Bolsonaro.

Em sua postagem, Eliza se mostra preocupada com a atitude do STF e lamenta a postura do ministro e pastor André Mendonça.

“A nossa liberdade de expressão foi vilipendiada! A nossa democracia está ameaçada. Só que, pau que dá em Chico deve dá em Francisco! Será que vão condenar outros? Até Andre Mendonça … Que decepção!”, escreveu.

Veja a postagem da vereadora na íntegra:

PORTAL PB NEWS